Phil Rawlins quer Orlando City a seguir o exemplo do Benfica

Várias figuras da direção do Orlando City Soccer Club estiveram recentemente em Portugal, motivados pelo acordo estratégico celebrado com o Sport Lisboa e Benfica. Phil Rawlins, fundador e presidente do emblema norte-americano, afirma que ambos os clubes «partilham visões semelhantes», aspeto que promove a parceria.

Em entrevista ao Soccer em Português, Rawlins explica que se trata de uma oportunidade única para «aprender com um clube muito bem dirigido, como é o Benfica». Entusiasmado após ter visitado o Caixa Futebol Campus, salientou a importância desta aprendizagem, pois em Orlando as perspectivas passam pela construção de um novo estádio, um centro de estágios, e a criação de um canal oficial do clube.

«Queremos construir e fortalecer a relação com o Benfica», assegura o presidente de um emblema que já conta no seu plantel com dois jogadores ex-Benfica: Estrela e Rafael Ramos. Declara-se «extremamente satisfeito» com a prestação de ambos, destacando a sua recente convocatória para o estágio de observação da selecção nacional de sub-20.

Questionado acerca do fracasso das equipas da MLS oriundas do Estado da Florida, Rawlins responde assertivamente que «a liga encontra-se em melhor posição do que há 15 anos atrás». De acordo com o dirigente britânico, o salto qualitativo da competição e o crescimento do público seguidor do soccer são factores decisivos. Além disso, ressalva que Orlando é diferente dos outros casos de insucesso (Miami, Tampa Bay), porque trata-se de uma cidade que apresenta apenas um franchising desportivo nas grandes ligas norte-americanas (Orlando Magic, NBA).

Quanto à derrota inesperada nos Playoffs da USL Pro, a explicação é simples: «apesar do extraordinário trabalho do nosso treinador, torna-se difícil manter os jogadores motivados até ao final da competição, quando eles próprios começam a ter dúvidas naturais sobre o seu papel no futuro próximo do clube».

O dia do primeiro jogo do Orlando City na Major League Soccer está cada vez mais perto, e as expectativas para a temporada inaugural são elevadas. Rawlins revela que objectivo é chegar aos Playoffs, feito apenas conseguido na época de estreia pelos Seattle Sounders em 2009. Apoio não deve faltar, visto que a seis meses do pontapé de saída, já foram vendidos 7500 bilhetes de época.

Fotografia: Orlando City Soccer Club

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.